Eu escrevo apenas. Tem que ter por quê?


Do que não se deve esquecer...

Não se esqueça que te amo como nunca amei nenhum outro ser. Não deixe de lembrar que você é para mim alguém muitíssimo importante e querido. Não se esqueça também que nos dias mais cinzas de tua vida, eu sempre estive do teu lado e que mesmo que nossas vidas sejam cercadas por belíssimos arco-íris nos dias atuais, eu continuarei do teu lado e se por acaso surjam nuvens para nublar nosso céu azul, meu amor, não te esquece que estarei sempre contigo.
Não esqueça de arrumar a mala para a sua viagem a trabalho - sim, amor, porque eu até arrumo tua mala, mas você tem um jeitinho só teu de (des)arrumá-la - e não esquece de guardar dentro dela os bilhetes cheios de poesias que criei só pra você. Não se esqueça de tomar aquele café bem amargo de manhã nos dias que você está longe de casa - café que aprendi a fazer com cinco vezes mais pó do que o normal, só porque é do jeitinho que você gosta - e lembre-se que enquanto você está longe de casa, eu estarei aqui no nosso lar, cuidando de tudo o que já conquistamos juntos.
Não se esqueça do meu cheiro e de como você gosta dos meus perfumes (sim, do meu perfume natural, aquele que só você sente e dos artificiais, que você tanto gosta na minha pele), não se esqueça do meu sorriso escancarado quando você me dá um agrado e não se esqueça, também, do bico que faço quando dou uma de 'menina insuportável' (porque até esse meu jeitinho de vez em quando tem um certo charme). Não se esqueça que sou uma mulher forte, mas que nem por isso eu não preciso do teu carinho, chamego, cuidado e abrigo. Aliás, amor, farei sempre do teu sorriso, meu abrigo.
Promete que você nunca esquece de nenhum desses pequenos detalhes? E se, por acaso, sua fraca memória falhar, venha até mim. Eu sempre te lembrarei do que você nunca pode esquecer.

PS: Eu te amo.



Escrito por Sara às 07h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 20 a 25 anos, Livros, Música



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Caldeirão da Bruxa
 Caldeirão do Mago
 De ontem em diante...
 Do amor que sinto
 Fatos e Fotos
 Fatos e Fotos II
 Fe-minina
 Futuro do Jornalismo
 Intuindo
 Mais Atitudes
 Mesdre
 Palavras Pequenas
 Persona Non Grata
 Ponto Final
 Segunda à Sexta
 Ultra Sensitive